segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Super Fratello vence com folga o XXVI Grande Prêmio Edisio Pereira.

Vitória fácil de Super Fratello no GP. Edisio Pereira 2016.
Em uma tarde de gala no Hipódromo da Madalena, em Recife, onde teve a disputa do XXVI Grande Prêmio Edísio Pereira, prova para produtos de 3 e mais anos nos 2.400 metros da pista de areia, onde Super Fratello foi o vencedor.
Nos metros inicias da prova, Rei da Floresta e Smurf buscaram as primeiras posições. Dani, The Best Sarada, Super Fratello e os demais vinham em seguida. Na estaca dos 1.900 metros, Super Fratello ultrapassou um a um e foi para a liderança. Ele cruzou o disco na primeira passagem e seguia a galope na liderança. Rei da Floresta, The Best Sarada, Smurf puxavam o restante dos animais. No início da reta oposta, Super Fratello tinha seu jóquei a tira colo e seus adversários não se aproximavam. Nessa ordem eles entraram na última curva. Ao contornarem a curva e entrarem na reta final, Super Fratello entrou dominando e buscou o externo da pista. Rei da Floresta era o segundo colocado pelo interno da pista. Super Fratello arrancou duro por fora e começou a aumentar a sua vantagem. Em um verdadeiro galope, Super Fratello cruzou o disco na primeira posição. Rei da Floresta foi o segundo colocado a vários corpos. Hagen Daas, The Best Sarada e Bellamy completaram o placar.
Super Fratello, 5 anos, filho de Vettori e Impulsada por Ringaro, de criação do Haras Old Friends e de propriedade do Stud Cariri do Recife, conquistou mais uma vitória em Madalena. Preparado por por F.Benone e conduzido por M.Aurélio, Super Fratello marcou o tempo de 2m41s43.

Resultados

1º páreo 1.200 metros.
Prêmio: Galdino e Marcos Antonio Pereira
1º Xuxu Boy                    54Kg  F.H.Costa
2º Energizado                  54Kg J.Júlio                         
3º Brejo da Cruz              54Kg D.Rodrigues  ap-2 
1º Vamos na Ponta          52Kg A.Macial
5º Super Love                 52Kg  G.Martins ap-3
4º Eh Ocara                    54Kg M.Silva
Vem (6) R$. 2.10. Placês (6) R$. 2.50 (2) R$. 2.70. Dupla (02 -06) R$. 11.20. Exata (06 -02) R$. 16.40. Trifeta. (06 – 02 – 03) R$. 59.60.

2º páreo  1.200 metros.
Prêmio: Gilberto (Giba) e Isabela Miranda da Costa
1º Que Espetáculo         54Kg M.Silva
2º Dom Bolão                48Kg J.Lima ap-2
3º Gol Livre                   49Kg B.Souza ap-4
4º Cobra Criada             50Kg F.H.Costa
5º Montardon                56Kg W.Gomes
6º Bossofteboss             49Kg Fábio Silva
7º Comandante Dubai  51Kg  A.Macial
Ven.(2) R$. 9.40  Placês (2) R$. R$. 4.50 (1) R$. 3.60. Dupla (01 – 02) R$. 18.20. Exata (02-01) R$. 52.80. Trifeta (02-01-05) R$. 633.60.

3º páreo 1.500 metros .
Prêmio: Severino Ferreira Maia? Carlos Frederico Maia (Neno Maia)
1º Dá-Lhe Safira                57Kg A.Maciel
2º Green Hill                      52Kg  F.H.Costa      
3º Bigredboy                     51KG  H.Melo
4º Lampião do Cerrado     51Kg W.Gomes
5º Ysatis                            6Kg  F.Sales
Des. Salud Y Plata            52Kg  M.Silva              
Des. Hallo Halloa             59Kg A.M.Marinho
Des. Cigliano                    59Kg M.Aurelio
Des. Bigredboy                 51KG D.rodrigues ap-2
Ven. (1) R$. 7.10 Placês (01)R$. 2.50 (05). R$. 1.70. Dupla. (01- 05) R$. 9.70. Exata (01 -05) R$. 17.90. Trifeta. (01-05-08) R$. 236.60. Quadrifeta. (01-05-08-02) R$. 802.50.  Não correu. Que Espetáculo.

4º páreo  1.200 metros.
Clássico: Haras Depiguá.
1º Fahir                             56Kg M.Silva
2º Fedato                          56Kg W.Gomes
3ºFaon                              56Kg A.Maciel
4º Fidelis                          56Kg  G.martins        
5ºForte do Brum              56Kg M.Aurelio
*Franceska                       54Kg A.M.Silva
Vem. (7) R$. 3.90. Placês (07) R$. 1.60 (02) R$. 1.20. Dupla. (02-07) R$. 3.40. Exata (07-02) R$. 7.20. Trifeta. (07-02-04) R$. 21.70. *Fransiska. Não completou o percurso.

5º páreo  1.400 metros.
Prêmio: Edisio Pereira Filho.
1º Hotel Dorchester             54Kg M.Aurelio
2º Sirigaita                           53Kg A.Macial
3º Blue Celerix                    54Kg F.Sales
4º Up And Running             54Kg J.Júlio                  
5º Fluente                            56Kg M.Silva
Des.Job Fighter                   56Kg G.martins ap-2
Des. Nature Valley              52Kg W.Gomes
Des.Noivo Charmoso         54Kg Fábio Silva
Des. Bom de Bola               54Kg H.Melo
Vem.(3)R$. 4.60. Placês (03) R$. 3.00 (07)R$. 6.20. Dupla (07-03)R$. 8.40. Exata (03-07) R$. 46.00. Trifeta (03-07-06) R$. 118.40. Quadrifeta (03-07-06-05) R$. 907.50.

6º páreo  1.700 metros.
Clássico: Antonio Alves Pereira.
1º Promotion                   56Kg H.Melo      
2º Ballon Blue                56Kg W.Gomes
3º Energia Groom          56Kg G.Martins
4º One-Pice                    56Kg F.H.Costa
5ºSempre Bem               54Kg A.Macial      
6º Laver                         56Kg Fábio Silva
Vem (4) R$. 5.60. Placês (04) R$. 1.70 (03) R$. 1.30. Dupla (03-04) R$. 6.00. Exata (04-03) R$. 4.80. Trifeta. (04-03-06) R$. 147.10.

7º páreo 1.200 metros  16h30min.
Clássico: Carlos Martins de Medeiros.
1º Desejado Qualyty     56Kg  F.H.Costa
2º Andromeda Lover     56Kg H.Melo
3º Hiper Negro              56Kg A.Maciel    
4ºFantinato                    56Kg G.Martins
5ºBrilliant King             56Kg W.Gomes
Ven (5) R$. 3.80 Placês (05)R$.2.40 (04) R$. 2.40. Dupla (04-05)R$. 12.70. Exata (05-04)R$. 20.00. Trifeta. (05-04-02) R$. 79.00. Não correu Galanteador.

8º páreo  2.400 metros  17h00min.
XXVI Grande Prêmio Edisio Pereira.
1º Super Fratelo             56Kg M.Aurelio
2º Rei da Floresta          56Kg  W.Gomes  
3º Hagen Daas               54Kg A.M.Silva
4º The Best Sarada        56Kg J.Júlio            
5º Bellamy                     56Kg M.Silva
6º Deni                           56Kg F.H.Costa      
7º Smurf                         56Kg Fábio Silva    Est
8º Abitur                         6Kg A.Macial
9º Neuchatel                  56Kg H.Melo
Ven(6) R$. 5.10  Placês (06)R$. 2.40. (02) R$. 180. Dupla (02-06) R$. 7.30. Exata (06-02) R$. 14.10. Trifeta (06-02-03) R$. 150.90. Quadrifeta. (06-02-03-07) R$. 1.200.50.


terça-feira, 5 de julho de 2016

The Best Sarada venceu o Grande Prêmio Cidade de Sobral.

Festa na Embaixada do turfe nordestino com a vitória
de The Best Sarada no GP. Cidade de Sobral.
Disputado no último sábado 02 de julho no Derby Club Sobralense, o Grande Prêmio Cidade de Sobral, na distância de 1.700 metros. The Best Sarada, de propriedade do Stud Edilguar & Pierre, foi o ganhador  depois de uma forte atropelada iniciada nos 600 metros finais.  Gian Carlo, que fez o papel de faixa do vencedor, largou bem e tomou a ponta seguido próximo de Up And Running, Orechino e Gold Seal. Mas dos 600 metros em diante prevaleceu a supremacia do filho de Macho Uno e Sarada,  que deu um passeio na raia de Sobral. The Best Sarada foi apresentado na raia pelo treinador, O.José, e conduzido por J.Júlio. 
O Embaixador do turfe nordestino, Dr. Guarany Mont’ alverne e a Embaixatriz Socorro Saboya , recepcionaram os ganhadores na raia acompanhado de amigos. O embaixador também comemorou na segunda-feira, na noturna da Gávea, a vitória de Cascão, conduzido por H.Fernandes, nos 1.500 metros do 7º páreo.  Dr. Guarany confirmou a través de telefone na segunda-feira, que The Best Sarada deverá ser embarcado nos próximos dias  para o Recife, para correr uma prova clássica no festival do GP Edisio Pereira. O Embaixador  também anunciou a vinda de mais dois animais que estão na Gávea, Incomoe Zig (URU) e Odorico, para o festival do grande prêmio Manoel Medeiros.
Já a presidente do Derby Club Sobralense, Viviane Aguiar, fez um balanço bastante positivo da festa realizada no sábado. Tivemos o prazer de receber um grande publico e contamos com a  presença de varias autoridades da cidade de Sobral. A nossa meta agora é trabalhar com mais afinco para realizar mais uma grande festa em setembro contando com a participação de animais de Aquiraz e do Recife.

Demais resultados.

1º páreo 1.200 metros.
1º Energia Escrira     F.J.Souza
2º Aqui Tem              J.Júlio
3º Inghil Terra           F.E.Souza
4º Derivativo             H.Melo
5º Garoto Travesso  F.Herbert

2º páreo 1.400 metros.
1º Ebony And Ivory   F.J.Souza
2º Alawys Storm        H.Melo
3º Sheke And Bake    J.Júlio
4º Ferrucio Mio          F.E.Souza
5º Breaking Point      J.Araújo

3º páreo  1.200 metros.
1º Bortoton                 J.Júlio
2º Magistrada Legal  J.Araújo
3º Atomic Cannon     F.J.Souza
Não correram. Energizado e Alô Chiquinho.

4º páreo 1.200 metros. Grande Prêmio Sobral do Futuro.
1º Avante Solo         F.Herbert
2º Johnny Holidat   F.E.Souza
3º Blue Trix Mix     H.Melo
4º Kaepernic          J.Júlio

5º páreo  361 metros – Animais mestiços.
1º Space Man            G.T.Silva
2º Semente                V.Silva
3º Sirus                        F.E.Souza
4º Agressiva For Me  J.Silva

6º páreo  1.700 metros. Grande Prêmio Cidade de Sobral.
Taça: Prefeito José Clodoveu de Arruda Neto.
1º The Best Sarada   J.Júlio
2º Gian Carlos           F.J.Souza
3º Gold Seal               F.Herbert
4º Orechino               H.Melo
5º Up And Running   F.E.Souza


Tempos não fornecidos. 

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Empate entre One-Pice e Bellamy no clássico Roberto Sá.

Acirrada disputa no XIX Clássico Roberto Sá.
Um mostrando sinais de cansaço e o outro mostrando muita resistência no final, foi assim o dramático final do XIX Clássico Roberto Sá, principal páreo da programação do turfe pernambucano que terminou com um empate entre Bellamy que vinha voando baixo por fora e One-Piece que já vinha mostrando muito cansaço.  
Um bom publico mais uma vez prestigiou a bonita festa que iniciou ás 13h00min, com a vitória do alazão, Dom Bolão, que mais uma vez proporcionou muita alegria para família Azavedo, que compareceu em grande numero para prestigiar a programação.
One-Piece resistiu até o último pulo.

Nos 1.900 metros do Clássico Roberto Sá, Energia Groom e Hagen Daas dividiam o favoritismo, mas na raia a história do páreo foi bem diferente. Na partida, Energia Groom pulou bem e tomou a ponta seguido próximo de One-Piece, Hagen Daas, Abitur e Bellamy. Assim foram até a primeira passagem do espelho sempre com Energia Groom ensinando o caminho, na seta dos 1.400 metros finais, One-Piece, da à primeira carga por dentro e Hagen Daas tenta avançar por fora, mas Energia Groom resiste aos ataques e segue na ponta. O estrante Abitur corria na quarta colocação, 
Bellamy atropela forte e garante
empate com One-Pìece

enquanto Bellamy vinha a vários corpos na ultima colocação, na reta oposta, One-Piece e Hagen Daas tentam mais uma vez ultrapassar o ponteiro que vai resistindo. Abitur a vários corpos corria em quarto e Bellamy a mais de 50 metros na última colocação. Na saída da reta oposta, One-Piece, assume a ponta e sai tirando boa vantagem para Energia Groom, Hagen Daas começa a esmorecer, Abitur e Bellamy começam a se aproximar dos lideres. Na reta final, One-Piece junto a cerca interna vai aumentando a vantagem para Energia Groom, dando a impressão que não mais seria alcançado e os titulares do Stud L&M, iam comemorar a vitória, mas nos 300 finais, o jóquei de Bellamy, M.Silva, acredita na sua montaria e começa a diminuir a distância de One-Piece, alcançando o tordilho nos últimos 30 metros finais e os dois cruzaram o disco em igualdade de condições.
O tempo dos 1.900 metros foi de 130.5s. Após o páreo, os 10 proprietários de Bellamy, que fizeram uma grande festa na foto da vitória, foram unânime em escrever Bellamy nos 2000 metros do Clássico Severino Ferreira Maia, no dia 30 de julho.

Resultados.

1º páreo  1.100 metros
Prêmio: Laboratório Gilson Cidrim.
1º Dom Bolão              J.Lima ap-2
2º Henrique Oitavo    F.H.Costa
3º Instant Glory          D.Rodrigues ap-2
4º Hallo Halloa            G.Martins ap-3
5º Bigredboy                M.Aurelio
6º Dom Bolão               J.Lima ap-2
Vem (6) R$. 2.60  dupla (61) R$. 4.40.  Tempo  70.4s

2º páreo  1.300 metros .
Prêmio: Instituto de Hematologia do NE.
1º Cobra Criada           F.H.Costa
2º Cigliano                    M.Aurelio
3º Sirigaita                    M.Silva
4º As de Paus               J.Lima  ap-2
5º Ifigenio                     G.Martins ap-3
6º Turboélice                A.Maciel               
7ºFashion Face             B.Souza ap-4
Ven (2) 1.90  dupla (25) R$. 8.40.  Tempo 84.4s

3º páreo  1.100 metros.
Prêmio: Liberato Costa Junior.
1º Desejado Quality    F.H.Costa
2º Que Espetáculo       J.Lima ap-2
3º Nature Valley           M.Silva
Venc  (2) R4. 1.30 dupla (24) R$. 2.00. Tempo 69.8s.  Não correi  Bonsai. 

4º páreo  1.300 metros.
Prêmio: Edgar Franco de Sá.
2- Lampião do Cerrado   W.Gomes
7- Vamos na Ponta           A.Maciel
3º Fedato                           D.Rodrigues
4º Fahir                               M.Silva   
5ºFaon                               G.Martins ap-3
6º Super Love                   Fábio Silva
7º Speedy                          M.Aurelio
Vem (2) R$. 1.10 dupla (26) R$. 2.40.  Tempo 86.2s.  Não correu   Moniga Di Garda

Prova preparatória Escola de Jóqueis.  300 metros – 15h00min.
Taça: Geninha da Rosa Borges.
1º Guerreira               Gabriela Gonçalves
2º Miucha                   Antony Cardoso
3º Piter                        Walacy Vinicius
4º Maçã                       kleiton Lucas
2- Chankar                 Adryan Gabriel
5- Rio Negro               Marcos Vinicius
6º Mirela                     Douglas Leonardo
7º Chankar                  Adrian Gabriel
8- Chodo                     David da Silva
Ven. (3) Dupla (34).  Tempo. 20,s

5º páreo  1.100 metros.
Prova Especial: José Vicente  de  Araújo.
1º Brilliant King               W.Gomes
2ºFantinato                      Fábio Silva
3º Montardon                  A.C.Almeida
4º Comandante Dubai    A.Maciel
Ven. (2) R$. 1.10  dupla (21) R$. 2.80.  Tempo. 70.5s

6º páreo  1.500 metros 
1º Laver                           W.Gomes
2ºJob Fighter                  A.Maciel
3º Hotel Dorchester      M.Aurelio           
4º Fox-Lider                    A.C.Almeida
5º Fluente                       F.H.Costa
6º Enquadrado               D.Rodrigues ap-2
Vem. (5) R$. 2.40  dupla (57) R$. 17.90. Tempo 96.4s.  Bonde do Tigrão foi retirado nos trabalhos de alinhamento.     

7º páreo  1.900 metros 
XVIII Clássico  Roberto Sá.
1º One-Piece              F.H.Costa
1º Bellamy                  M.Silva
3º Energia Groom     Fábio Silva
4ºAbitur                     A.Maciel                 
5ºHagen Daas            D.Rodrigues

Ven. (5) R$. 2.70 e (6) 4.10  duplas (56) R$.21.40 e (65) R$. 14.10.  Tempo 130.5s. Não correu  Arroz Branco

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Em final dramático, Hagen Daas venceu o clássico Mário Ferman.

Titular do Haras Depiguá e amigos festejam a linda vitória
de Hagen Daas, no Clássico Mario Ferman 2016.
Uma  chegada de tirar o fôlego na disputa do clássico Mário Ferman, principal páreo da programação do turfe pernambucano. A égua Hagen Daas, com a montaria de D.Rodrigues, conseguiu segurar até os metros finais a pressão de Ballon Bleu. e garantiu a festa dos titulares do Haras Depiguá e do treinador R.Gomes, que não parava de vibrar com o feito da filha de Setembro Chove, que emplacou a terceira vitória consecutiva.
Na partida dos 2000 metros, como já era esperado,  Energia Groom foi mais ligeiro e tomou a ponta seguido de perto por Hagen Daas, Super Fratello, Ballon Bleu e Enquadrado.  Assim foram até a primeira passagem do disco com Ballon Bleu forçando por dentro passando a brigar pela segunda colocação. Nos 1.500 metros finais, Energia Groom continua ensinando o caminho com Hagen Daas forçando por fora e Ballon Bleu por dentro. Na reta oposta, Hagen Daas não sossego ao líder com Ballon Bleu passando a brigar pela ponta. Nos 600 metros finais, Hagen Daas, assume a ponta e Energia Groom começa a esmorecer. Ballon Bleu se aproveita e passa para segundo e Super Fratello passando para terceiro. Na reta final, Hagen Daas, entra com dois corpos de vantagem, e começa uma briga entre Ballon Bleu, Super Fratello e Energia Groom que tenta reagir. Nos 300 finais, Ballon Bleu, da uma carga pra cima de Hagen Daas, e os dois vão brigando cabeça com cabeça até o disco final, com Hegen Daas levando a melhor.
Abrindo a programação, o potro Henrique Oitavo deu um passeio na raia confirmando o favoritismo.  No 2º páreo, o estreante Dom Bolão, fez a festa da tradicional família Azevedo que esteve em grande numero comemorando a vitória do filho de Emirates To Dubai.
Bonde do Tigrão, se reabilitou de uma fraca estreia e garantiu a foto para os titulares do Stud Imperial/Rafael A.Salomão.
Na prova reservada para animais da raça pônei,  aconteceu um feito bem inusitado. Os dois animais que lideravam a corrida, Guerreira e Rio Negro, caíram próximo ao disco. O jóquei de guerreira cruzou o disco fora do dorso do animal, e o jóquei de Rio Negro, caiu logo após cruzar o disco. Guerreira foi desclassificada para última colocação, ficando a vitória para Rio Negro, com Maçã na formação da dupla.

Resultados.

1º páreo  1.300 metros.
Prêmio: Engenho Bom Nome.
1º Henrique Oitavo    F.H.Costa
2º Ysatis                       M.Silva
3ºBigredboy                Fábio Silva
4º Hot Check                D.Rodrigues ap-2
 Ven. (2) R$. 1.70 dupla (21) R$. 3.40. Tempo 84.1s. Não correu  Fashion Fece
Henrique Oitavo deu um passeio no 1º páreo
2º páreo  1.100 metros
Prêmio: Sérgio Magalhães
1º Dom Bolão             J.Lima ap-2
2º king-Over               A.C.Almeida          
3º Orvalho                  Fábio Silva
4º Fedato                    D.Rodrigues ap-2
5º Forte Do Brum      F.H.Costa
6º Speedy                    B.Souza ap-4  
Ven. (1) R$. 2.70  dupla (16) R$. 4.00.  Tempo 70.8s.  Não correu  Moniga Di Garda.
O estreante Dom Bolão fez a festa da família Azevedo.
3º páreo  1.300 metros  
Prêmio: Paulo Paiva
1º Bonde do Tigrão    M.Silva
2º Fox-Lider                 A.C.Almeida
3º Nature Valley         F.H.Costa
4º Job-Fighter              B.Souza ap-4
5º Bellamy                    Fábio Silva
Vec. (1) R$. 6.90 dupla (13) R$. 35.40.  Tempo  90.3s.
Com muita autoridade, Bonde do Tigrão vence o 3º páreo
4º páreo  2000 metros.
Clássico Mário Ferman.
1ºHagen Daas             D.Rodrigues
2º Ballon Bleu             Fábio Silva
3º Energia Groom       A.Maciel
4º Super Fratelo          M.Silva
5º Enquadrado            J.Lima
Vem. (1) R$. 4.80 dupla (12) R$. 14.20. Tempo  135.3s.  Não correu Arroz Branco.
Chegada de tirar o fôlego entre Hagen Daas e Ballon Bleu, no
Clássico Mário Ferman.
5º páreo  400 metros    Animais da raça pônei.
Taça: Pedro e Eduardo Medeiros Serafim.
1º Rio Negro   Juan Borges
2ºMaçã            Willian Pereira
3º Piter            Douglas Leonardo
4º Miucha       Gabriela Gonçalves
5º Piter             Douglas Leonardo
6 Chankar       Walacy Vinicius
*Guerreira     Marcos Vinicius
Rio Negro levou a melhor mesmo com o jóquei caindo após cruzar o disco.




sexta-feira, 17 de junho de 2016

Fábio Silva voltando às atividades no domingo.

Fábio Silva
Depois de aproximadamente um ano e meio afastado das atividades, o jóquei pernambucano Fábio Silva, (Bambino) está voltando às atividades. No próximo domingo, programação do Clássico Mário Ferman, Fábio estará atuando nos dois primeiros páreos, e existe uma grande possibilidade do mesmo vir a montar o favorito Ballon Bleu, em substituição ao jóquei W.Gomes, que está com uma forte virose e não deverá montar na programação.

Com mais de 200 vitórias no currículo, Fábio, assinou as montarias do Stud Amanda & Luana Moleca. Fashion Face e Bigredboy, inscritos no 1º páreo da programação. Até o final da manhã não tínhamos a confirmação de qual dos dois animais será apresentado. No 2º páreo, Fábio Silva assinou a montaria de Orvalho, animal de propriedade do Haras Pernambuco, e vai ficar no aguardo para saber se vai ou não montar Ballon Bleu ou quem sabe Arroz Branco.

Fábio Silva começou a montar no projeto Jóqueis do Futuro, no JCPE, depois seguiu para escola de formação de jóqueis de Cidade Jardim, onde fez uma brilhante temporada. Pesando apenas 49 quilos, Fábio Silva disse que está pronto para retornar e fazer o que sabe montar cavalos de corrida.

"Já era para ter voltado no mês passado, mas preferi trabalhar mais animais na raia para melhorar a forma física o máximo possível. Não é fácil voltar a montar depois de mais de um ano parado. Quero fazer o melhor possível nesse meu retorno." Disse o bom jóquei Fábio Silva, que retorna num momento bem oportuno para o turfe nordestino principalmente o turfe pernambucano que conta com o quadro de profissionais bastante reduzido.


quinta-feira, 16 de junho de 2016

Comissão de corrida anuncia novo critério de enturmação.


Novo critério de enturmação.
A Comissão de Corridas do Jockey Club de Pernambuco resolveu tornar sem efeito a Resolução anterior que instituía os Páreos de Índice Técnico (PIT), diante da iniciativa do Jockey Club Brasileiro de extinguí-los em seu Hipódromo. A iniciativa pernambucana se deu porque a maioria dos índices era definida com base nas atuações do JCB, aproveitando inclusive os índices estipulados lá.
Assim, foi criada uma nova Tabela de Classificação de Entradas dos Animais no JCPE, que se torna vigente de imediato, inclusive aplicando-se aos animais ainda não estreados.
 REGULAMENTO

Art. 1º. A vitória básica obtida nos hipódromos da Gávea/RJ ou de Cidade Jardim/SP elimina as vitórias de claiming ou em outros hipódromos, exceto vitórias clássicas em Hipódromos do Cristal/RS e Tarumã/PR, que, em qualquer caso, serão contadas como vitórias no JCPE.

 Art. 2º. Os animais que tenham obtido apenas vitórias de claiming nos hipódromos da Gávea/RJ ou de Cidade Jardim/SP ou vitórias comuns em quaisquer outros Hipódromos serão enturmados na 12ª turma ou na 13ª turma, nos termos deste Regulamento e, a partir daí, as referidas vitórias serão contadas como se fossem no JCPE, ressalvado o disposto nos arts. 3º e 9º.

Art. 3º. As vitórias em Provas de Grupo (I, II ou III) nos Hipódromos da Gávea/RJ, Cidade Jardim/SP, Cristal/RS e Tarumã/PR serão contadas como vitórias básicas na Gávea/RJ ou em Cidade Jardim/SP.

 Art. 4º. A Eliminatória não receberá baixa de animais de qualquer turma, mesmo que tenham completado 90 dias de inatividade.

 Art. 5º. As éguas serão enturmadas uma turma abaixo das que teriam direito, exceto as que entrarem na Eliminatória e na 13ªTurma.

Art. 6º. Na 14a. Turma – Eliminatória e na Turma Extra – Compulsória (a partir da baixa), os animais só terão direito a 1 (uma) vitória. Nas demais turmas: 2 (duas) vitórias, sendo cavalos de 55/58 kg e éguas 53/56 kg. Os páreos da Turma Extra – Compulsória poderão ser misturados aos da 14a. Turma – Eliminatória, a critério da Comissão de Corridas.

Art. 7º. Todo animal enturmado no JCPE que saia para cumprir campanha na Gávea/RJ ou em Cidade Jardim/SP ou qualquer outro hipódromo, por mais de 90 dias e sem vencer, caso retorne ao Hipódromo da Madalena, será reclassificado uma turma abaixo da que saiu. O que vencer, páreo de turma ou de claiming, será reenturmado de acordo com a nova campanha. As vitórias comuns em outros hipódromos, após a enturmação do animal no Jockey Club de Pernambuco, serão contadas como vitórias no Hipódromo da Madalena.

Art. 8°. Os páreos de Handicap, formados pela Comissão de Corridas, poderão ter escala de pesos diferenciada da descrita neste artigo, de acordo com as turmas em que se encontram classificados os animais. Nos páreos de turma, os animais poderão subir quantas turmas quiserem, tendo direito a uma descarga (adequada pela Comissão de Corridas, de modo que seu peso seja sempre menor do que o de animal de turma superior inscrito no mesmo páreo): a) Forçando uma turma: 3 kg; b) Forçando duas turmas: 4 kg; c) Forçando três ou mais turmas: 5kg.

Art. 9º. As vitórias, na Gávea/RJ ou em Cidade Jardim/SP, em páreos de Pesos Especiais com Opcional Claiming, serão computadas como vitórias em páreos comuns nestes hipódromos.

Art. 10º. Os eventuais páreos de Claiming e algumas Chamadas Especiais identificadas pela Comissão de Corridas, realizados no Hipódromo da Madalena, poderão envolver animais de mais de uma turma, segundo escala de pesos descrita nos artigos anteriores, e não contam como vitória para efeito desta enturmação.

 Art. 11. As baixas por tempo (90 dias) serão respeitadas e contadas até o dia da corrida, inclusive. Art.

12. Ao completarem mais um ano hípico, os animais que ainda não estrearam serão reenturmados.

Art. 13. Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão de Corridas Recife, 09 de junho de 2016