sábado, 25 de janeiro de 2020

JCPE: First Champion foi o melhor na Prova Especial velocidade.



First Champion é recebido pelos seus proprietários. Artur e
Marco Gê, e os ex-proprietários, Arivaldo e Antonio Elias
Salomão, o cavalariço e Jonas. 

First Champion, um macho alazão, 7 anos, filho de  Inexplicable e Zuana voltou ao melhor da sua forma e venceu com grande estilo a prova Especial de velocidade disputada na distância de 1.200 metros  principal páreo da programação da sabatina. Dada à partida, First Champion foi mais rápido e tomou à dianteira e foi abrindo vantagem para Hortelão correndo em segundo, Hermangard em terceiro e o favorito Danger Love em quarto. Na saída da reta oposta quando se pensava que os demais competidores chegariam perto do ponteiro ele saiu tirando mais e mais com Hermangard passando para segunda colocação. Sempre olhando para trás o jóquei  F.Santos não brincou em serviço, entrou na reta final com boa vantagem esperando o ataque de Hortelão que voltou para segunda colocação e Danger Love vindo brigar pelo terceiro lugar. Nos 200 metros finais, First Champion com a corrida já garantida galopa para o disco com mais de cinco corpos de vantagem  para Hortelão que formou a dupla, e Danger  Love que ultrapassou Hermangard nos metros finais da corrida. Defendendo a farda do Stud Coringa, First Champion, que foi apresentado na raia pelo treinador R.Gomes, cravou o tempo de 75.5s para distância.

No 1º páreo, a surpresa da programação. Hemisferio, do Stud C.M.L.-Recife, largou bem foi para a ponta e não mais se entregou surpreendendo o favorito Boyzinho que completou a formação da dupla. F.Sales conduziu o vencedor que é treinado por R.Gomes.

No 2º páreo, caiu mais um favorito. Alchimiste, preferido dos apostadores não teve tempo suficiente para alcançar a égua Fugacita, que venceu de bandeira a bandeira com a precisa condução de F. Sales. Elias Santos preparou a vencedora que defendeu a farda do Stud Anderson, cravando o tempo de 85.5s para os 1.300 metros.

Na precisa condução de F.H.Costa, Sapo Boi, defendendo a tradicional farda Ouro e Bolas Pretas do Haras Bongy venceu  com muita tranquilidade de bandeira a bandeira os 1.400 metros do 3º páreo, cravando o tempo de 93.1s. Fogo Olímpico formou a dupla com Honestina em terceiro. T.Souza preparou o vencedor.

Na prova reservada para animais da raça pônei disputada na distância de 1.300 metros, a vitória foi da égua Florinda atropelando por fora na ótima condução de Antony Cardoso. Estrelinha, que liderou até os 200 finais formou a dupla com Flexa Dourada em terceiro.

O Deputado Clovis Paiva agradeceu a todos e anunciou
 o concurso Melhores do Ano de 2020.
Após a realização do 4º páreo, foi feita a entrega dos vencedores do concurso melhores do ano de 2019. O patrocinador do concurso o Deputado Estadual Clovis Paiva, fez a entrega dos prêmios aos vencedores e anunciou mais uma realização do concurso que mexeu com os bastidores do turfe pernambucano. O Vice-Presidente do JCPE, Silvio Botelho, saudou todos os participante e os presentes a festa de premiação, e em nome do presidente Dr. Carlos Baltar agradeceu o apoio do Deputado Clovis Paiva ao turfe pernambucano. Os vencedores do concurso foram. Proprietário. Stud São José dos Bastiões, Jóquei . A.Maciel. Treinador . J.R.Cifuentes, melhor cavalo. Kim Boy, Stud The Barros. O pr~emio de cavalariço foi entregue ao treinador vencedor J.R.Cifunetes que fez a distribuição entre os destaques da sua cocheira.

Resultados.

1º páreo 1.200 metros.
Chamada Especial.
1º Hemisferio         F.Sales
2º Boyzinho            A.Maciel
3º Vocevaiver         F.H.Costa
  Ibiró                    W.Pereira ap-4
Ven(1) R$. 10.80 Dupla Exata (12) R$. 14.50. Tempo 81.s.
Hemisferio com F.Sales. A surpresa do 1º páreo.

2º páreo  1.300 metros.
1º Fugacita            F.Sales
2º Alchimiste        A.Maciel
3º Haja Vista         W.Pereira ap-4
4º Magic Brooklin Fábio Silva
Ven (3) R$. 2.20 Dupla Exata (32) R$.3.90.  Tempo 85.S.
Fugacita voltou com tudo e levantou de ponta a ponta o 2º páreo. 


3º páreo 1.400 metros.
1º Sapo Boi             F.H.Costa
2º Fogo Olímpico   W.Pereira ap-4
3º Honestina           F.Sales
4º Rebuscado         A.Maciel
Ven(1) R$. 2.00 Dupla Exata (14)R$. 5.90. Tempo 93.1s.
Mais uma vitória de Sapo Boi de bandeira a bandeira.


4º páreo 1.200 metros.
Prova Especial.
1º First Champion   F.Santos
2º Hortelão              A.Maciel
3º Danger Love        F.H.Costa
4º Hermangard        F.Sales
Ven( 2) R$. 3.20 Dipla Exata (23) R$. 7.80.  Tempo 75.5s.
Fist Champion fez o que sabe. Correu muito e levantou com
muita classe a P.E. em 1.200 metros em 75.5s.


Páreo extra – Animais da raça pônei. 300 metros – Escola de jóqueis.
1º Florinda             Antony Cardoso
2º Estrelinha          Paulo Sérgio.
3º Flexa Dourada  Edson Fernando
4º Guerreira          Pedro Fernando
5º Fenix                 Pedro Henrique
6º Caramelo          Igor Barreto
7º Thor                  João Victor
Ven(5) Dupla Exata (57). Tempo 27.6s.
Florinda venceu com a tocada fantástica de Antony Cardoso

Paulo Henrique recebendo do Deputado Clovis Paiva o prêmio
de Melhor Proprietário que foi para o ST. São José dos Bastiões.
J.R.Cifuentes com as filhas Jennifer e Yasmim. Recebendo
a premiação de melhor treinador de 2019.
Entre os jóqueis, Alan Maciel foi o melhor de 2019.

Sérgio Barros representou o Stud The Barros, proprietário
de Kim Boy. Melhor cavalo de 2019. 
O Cavalariço Ezaú foi um dos premiados do concurso.
A Direção do JCPE, Comissão de Corridas, e os
vencedores do Concurso Melhores do Ano 2019.

sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

JCPE: Comentário e indicações para a 11ª corrida – Sábado 25.01.2020.


1º páreo 1.200 metros 15h00min.
Chamada Especial.
1-Hemisferio         54Kg F.Sales
2-Boyzinho            54Kg A.Maciel
3-Vocevaiver          52Kg  F.H.Costa
4-Ibiró                    51Kg W.Pereira ap-4
Na corrida passada o  tríplice coroado Boyzinho largou com atraso e na reta final descontou muito chegando na formação da dupla no páreo um pouco mais forte.  Vocevaiver tem boas chances de brigar pela vitória. Hemisferio e Ibiró, ainda não mostraram nada de animador.
Indicação:   2- Boyzinho  3- Vocevaiver  1- Hemisferio.

2º páreo  1.300 metros  15h30min.
1-Haja Vista         54Kg W.Pereira ap-4
2-Alchimiste        56Kg A.Maciel
3-Fugacita            52Kg F.Sales
4-Magic Brooklin 56Kg Fábio Silva
Correndo mais acomodado, Alchimiste mostrou que sua campanha vai bem mais longe. Aqui é favorito absoluto. Haja Vista vem de vitória em turma mais fraca. Volta a defender a farda do Haras Depiguá. Um animal que precisa de muito rigor na sua condução. Fugacita e Magic Brooklin devem travar uma boa luta para chegar na frente de Alchimiste.
Indicação:  2- Alchimiste  4- Magic Brooklin  3- Fugacita.

3º páreo 1.400 metros 16h00min.
1-Sapo Boi             53Kg F.H.Costa
2-Rebuscado          54Kg A.Maciel
3-Honestina           49Kg F.Sales
4-Fogo Olímpico   51Kg W.Pereira ap-4

Sapo Boi volta em páreo bem favorável. Deve ser favorito. Forçando turma, Honestina vai ser uma pedra no casco de Sapo Boi. Rebuscado reaparece de cura. Fogo Olímpico, ta devendo uma boa apresentação.
Indicação: 1- Sapo Boi  3- Honestina  4- Fogo Olímpico

4º páreo 1.200 metros 16h30min.
Prova Especial.
1- Danger Love     56Kg F.H.Costa
2-First Champion  56Kg F.Santos
3- Hortelão            56Kg A.Maciel
4- Hermangard      54Kg F.Sales
O melhor páreo da programação reunindo os melhores velocistas do turfe pernambucano. Horteão e Danger Love  devem ser os  mais cotados devido as montarias de ambos. First Champion se correr mais quieto para tirar proveito no final pode da torcida. Hermangard é bastante veloz, mas turma é turma.
Indicação: 3 Hortelão  1- Danger Love  2- First Champion

Páreo extra – Animais da raça pônei. 300 metros – Escola de jóqueis.
1- Thor                   João Victor
2-Flexa Dourada    Edson Fernando
3-Guerreira             Pedro Fernando
4- Fenix                  Pedro Henrique
5-Florinda              Antony Cardoso
6-Caramelo            Igor Barreto
7- Estrelinha           Paulo Sérgio.
Thor, Flexa Dourada e Florinda são os mais cotados. Estrelinha venceu e convenceu. Pode chegar mais uma vez.
Indicação:  1- Thor  - 7- estrelinha – 2- Flexa Dourada

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

JCPE: Páreo de velocistas é atração da sabatina.


Voltando ao seu melhor estado de corrida, First Champion
é um nome a ser batido nos 1.200 metros, da Prova Especial.

O turfe pernambucano volta a realizar no próximo sábado 25, mais uma programação a segunda do ano de 2020. Serão corridas quatro páreos de animais PSI, e uma prova reservada para animais da raça pônei. O principal páreo da programação a Prova Especial na distância de 1.200 metros formou com quatro animais especialistas em velocidade. Danger Love, que vem de excelente vitória em 1.300 metros cravando 83.1s, First Champion, do Stud Coringa, um dos melhores velocista do turfe nordestino que aos pouco está voltando ao seu melhor condicionamento, Hortelão, que vem de  excelente vitória em 1.100 metros cravando 67.s ´para a distância, e Hermangard, que volta a defender a farda do Haras Depiguá.
A programação terá inicio as 15h00min, com uma prova especial na distância de 1.200 metros, com os animais. Hemisferio, Boyzinho, Vocevaiver e Ibiró.  
Programação.

1º páreo 1.200 metros 15h00min.
Chamada Especial.
1-Hemisferio         54Kg
2-Boyzinho            54Kg
3-Vocevaiver        52Kg
4-Ibiró                    51Kg

2º páreo  1.300 metros  15h30min.
1-Haja Vista         54Kg
2-Alchimiste        56Kg
3-Fugacita            52Kg
4-Magic Brooklin 56Kg

3º páreo 1.400 metros 16h00min.
1-Sapo Boi            53Kg
2-Rebuscado        54Kg
3-Honestina         49Kg
4-Fogo Olímpico 51Kg

4º páreo 1.200 metros 16h30min.
Prova Especial.
1- Danger Love     56Kg
2-First Champion 56Kg
3- Hortelão           56Kg
4- Hermangard    54Kg

Compromissos de montarias até 21.01.2020, as 15h00min.

Recife, 20 de janeiro de 2020.
A Comissão de Corridas.



sábado, 18 de janeiro de 2020

Em Clima de carnaval, Super Academy venceu o Grande Prêmio Bloco Realce – 40 Anos de História.


Dr. Geovani Magi com os integrantes do Bloco Realce, Denis
Parente, Ricardo barreto, Estenio, J.Lemos (Treinador) recebem
o vencedor Super Academy após grande vitória em Sobral.

Em clima de carnaval e de olho na sucessão presidencial, o DCS realizou mais uma concorrida reunião turfística. Foi a 8ª corrida da temporada 2019/2020. 
No principal páreo da programação disputado na distância de 1.600 metros, o Grande Prêmio Bloco Realce 40 Anos de História, o castanho Super Academy,  5 anos, um filho de Inexpicable e Private Academy, de propriedade do Stud Magi venceu de bandeira a bandeira e no final suportando o forte ataque do favorito Ultra-Rápido.
Na partida do páreo mais esperado da tarde, Super Academy largou bem e tomou a ponta, mas sempre perseguido de perto pelo favorito Ultra-Rápido que não deu um minuto de trégua para o pupilo do treinador J.Lemos, que teve a  impecável  condução de Alan Maciel, que mais uma vez  brilhou  na raia de Sobral.  Na reta oposta Super Academy conseguiu abrir um pouco da vantagem para Ultra-Rápido, que se manteve  em segundo, Faith In God em terceiro e Fazze em quarto.  Na reta final, Ultra-Rápido desesperadamente tentou mais uma vez alcançar o ponteiro dando mais emoção ao páreo, mas no final, Super Academy garantiu a fatura com um copo de luz de vantagem para Ultra-Rápido, que  conseguiu apenas diminuir a distância e garantir a formação da dupla. Faith In God chegou em terceiro e Fazze na ultima colocação. 

No segundo páreo em 1.300 metros, uma das mais justas homenagens prestadas nessa temporada de corridas no DCS, foi no segundo páreo que homenageou a Ex-Presidente do Derby Clube Sobralense, Viviane Aguiar Ximenes. Uma grande batalhadora do turfe cearense. O páreo foi vencido  de ponta a ponta por Principe Dánafer, que derrotou a favorita Picada, que garantiu a formação da dupla.

Eleições.

Com a aproximação do final do mandato do atual presidente. Ricardo Barreto Filho, os sócios e proprietários do Derby Clube Sobralense estão trabalhando em torno de um nome para suceder o atual gestor. As eleições no Derby estão marcadas para o mês de março. O presidente Ricardo Barreto anunciou que não vai postular um segundo mandato.

 Resultados.

1º páreo 1.200 metros.
Prêmio: Mauro Cesar Rocha Ponte.
1º Mais Bela Negra    F.Herbert
2º Orgulho Negro       F.E.Sousa
3º Dom Martini          I.Sousa
4º Jade Runner           L.Costa
5º Herr Weber            A.Mesquita
Mais Bela Negra - F.Herbert - F.Haroldo - Stud Pit Bull.
2º páreo 1.300 metros .
Prêmio: Viviane Aguiar Ximenes.
1º Principe Dánafer    A.Mesquita
2º Picada                     L.Costa
3ºLoophole                 A.Maciel
4º Smurf                      J.Júlio
Príncipe Dánafer - A.Mesquita - J.Alves - Stud 3 Mandamentos.
3º páreo 1.500 metros.
Prêmio: Paulo Roberto Cunha Neves / Marco Antônio Cunha Neves.
1º Jenifer Lopez      F.Sousa
2º Gritante               F.E.Sousa
3º Lion King           J.Júlio
Não correu - Dinner Game  
Jennifer Lopez - F.Sousa - F.Haraldo - Stud 3 Amores.

 4º páreo 1.600 metros.
Grande Prêmio  Bloco Realce – 40 Anos de História.
1º Super Academy     A.Maciel
3-Ultra Rápido           F.E. Sousa
3º Faith In God          J.Júlio
4º Fazze                      L.Costa
Super Academy - A.Maciel - J.Lemos - Stud Magi.

Apoio.




sábado, 11 de janeiro de 2020

JCPE: Suave Kick vence a Prova Especial 14 de Janeiro, principal páreo da Programação da Madalena.

Suave Kick venceu com muito estilo a P.E. 14 de Janeiro.
O castanho Suave Kick, um filho de Plent Of Kicks e Rupia, venceu com muita autoridade a Prova Especial 14 de Janeiro data da inauguração do JCPE, principal páreo da programação da primeira corrida do ano no hipódromo da Madalena. Treinando por M.P.Silva e pilotado com muita competência pelo jóquei F.Sales. Dada à partida Suave Kick foi para a ponta, mas logo foi ultrapassado por First Champion e logo em seguida por Barishnikov. Acomodado correndo em terceiro até a saída da reta oposta, Suave Kick pega uma boa passagem por dentro e nos 500 finais assumiu a liderança e não mais foi alcançado. Na reta final, com vários corpos na frente, Suave Kick seguiu firme na dianteira deixando a briga pela dupla entre Fist Champion e American que no final garantiu a formação da dupla. First Champion ficou em terceiros com o  tordilho Barishnikov na ultima colocação.

No 1º páreo  a égua Haja Vista, com a condução de F.H.Costa venceu a primeira prova do ano de 2020, cravando o tempo de 79.6s para os 1.200 metros. Boyzinho, que largou com pequeno atraso formou a dupla.
No 2º páreo, Alchimiste, que fez uma bela apresentação garantindo mais uma foto para o Stud Bob Sá. Magic Brooklin formou a dupla.
Nos 1.300 metros do 3º páreo, Danger Love, defendendo a farda do Stud Entre Amigos fez valer sua categoria e venceu firme cravando o tempo de 83.1s para os 1.300 metros do percurso. F.H.Costa conduziu o vencedor que foi apresentado na raia pelo treinador T.Souza. Sapo Boi formou a dupla.

Na prova reservada para os animais da raça pônei, Estrelinha venceu com bastante autoridade ficando Thor na formação da dupla. Pedro Henrique conduziu a vencedora. Flexa Dourada, que foi conduzida pela nova joqueta mirim, Anna Karollyna chegou na quarta colocação. O tempo dos 200 metros foi de 17.6s.

Resultados

1º Páreo 1.200 metros.
Chamada Especial. Principe Dánafer -  Vencedor do GP. Romeu Medeiros 2019.
1º Haja Vista       F.H.Costa
2º Boyzinho        A.Maciel
3º Faraó Dubai   F.Santos
4º Hemisfério     F.Sales
Ven (3) R$. 1.90 Dupla Exata (31) R$. 9.30.  Tempo 79.6s.
Haja Vista - F.H.Costa - T.Sousa
2º Páreo 1.200 metros.
Prêmio Kim Boy. Vencedor do GP. Pedro Allain Teixeira 2019.
1º Alchimiste          A.Maciel
2º Magic Brooklin  F.Santos
3º Hermangarda    F.H.Costa
4º Ultrajante          J.Júlio
Ven(3) R$. 2.20 Dupla Exata (32) R$. 10.80.  Tempo 77.4s.
Alchimiste - A.Maciel - M.L.Maciel
3º Páreo 1.300 metros.
Prêmio. Natural Champion – Vencedor do GP. Bento Magalhães 2019.
1º Danger Love        F.H.Costa
2º Sapo Boi               F.Sales
3º Honestina            F.Santos
4º Fogo Olimpico    A.Maciel
Ven(4) R$. 1.10  Dupla Exata (43)R$. 4.30.  Tempo 83.1s.
Danger Love - F.H.Costa - T.Souza
4º Páreo 1.500 metros.
Prova Especial. 14 de Janeiro
1º Suavi Kick              F.Santos
2º America                 A.Maciel
3º First Champion     F.H.Costa
4º Barishnicov           J.Julio
Ven(1) R$. 3.80  Dupla Exata (12) R$. 12.20. Tempo 97.6s.
Suave Kick - F.Sales - M.P.silva
Prova preparatória – Escola de jóqueis.
200 metros  -  Animais da raça Pônei.
1º Estrelinha          Pedro Henrique
2º Thor                   Antony  Cardoso
3º Guerreira          Pedro Fernando
4º Flexa Dourada  Ana Carolina
5º Florinda             Edson Fernando
6º Caramelo          João Victor
7º Fenix                  Igor Barreto
Estrelinha - Pedro Henrique. 




quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

JCPE: Comentários e indicações para 10ª corrida sábado 11.01.2020.


1º Páreo 1.200 metros 15h00min.
Chamada Especial. Principe Dánafer -  Vencedor do GP. Romeu Medeiros 2019.
1-Boyzinho       54Kg A.Maciel
2-Faraó Dubai  51Kg F.Santos
3-Haja Vista      52Kg F.H.Costa
4-Hemisfério    54Kg F.Sales

O tríplice coroado Boyzinho deve encontra em Haja Vista, que não fez uma boa apresentação,  e Faraó Dubai  que nessa turma sempre ta chegando perto seus principais adversários. Um páreo bem equilibrado para iniciar a nova temporada. Memisferio, mesmo bem montado deve aguardar.
Indicação: 3 Haja Vista  1-Boyzinho  2- Faraó Dubai

2º Páreo 1.200 metros 15h30min.
Prêmio Kim Boy. Vencedor do GP. Pedro Allain Teixeira 2019.
1-Ultrajante          56Kg J.Júlio
2-Magic Brooklin 56Kg F.Santos
3-Alchimiste         56Kg A.Maciel
4-Hermangarda   55Kg F.H.Costa

Ultrajante vem de boa vitória e vai ter pela frente a ligeira Hernamgard, e Alchimister que atropelou forte na última deixando a vitória escapar.  Magic Brooklin regula com os favoritos. Deve brigar por vaga no vencedor.
Indicação. 4- Hermangard    3 Alchimiste  1- Ultrajante

3º Páreo 1.300 metros 16h00min.
Prêmio. Natural Champion – Vencedor do GP. Bento Magalhães 2019.
1-Fogo Olimpico  56Kg A.Maciel
2-Honestina          56Kg F.Santos
3-Sapo Boi             56Kg F.Sales
4-Danger Love      52Kg F.H.Costa

A última de Sapo Boi não valeu. O jóquei foi prejudicado e perdeu muito tempo para retomar na corrida. Vai com o experiente F.Sales. Tem tudo para voltar a foto da vitória. Fogo Olimpico ainda não mostrou nada que habilite a uma indicação. No máximo para uma dupla. Honestina subiu de turma é vai passar por um grande teste. Se vencer aqui vai para o turfe carioca bem mais comentada. Danger Love venceu na desclassificação de American. Deve ser a diferença de Sapo Boi.
Indicação. 3- Sapo Boi   4 Danger Love  2- Honestina.

4º Páreo 1.500 metros 16h30min.
Prova Especial. 14 de Janeiro
1-Suavi Kick            56Kg F.Santos
2-America               56Kg A.Maciel
3-Barishnicov         56Kg J.Julio
4-First Champion  56Kg F.H.Costa

Páreo com poucos concorrentes  mais bem equilibrado. Barishinikov vem de vitória no desafio com Suave Kick em 1.800 metros. Distância boa para os dois e também para American que aborda muito bem esses tiros. First Champion já venceu na distância, se lembrar desse dia e repetir, vai pagar uma ótima pule.
Indicação. 3- Barishinikov  2- American  1- Suave Kick

Prova preparatória – Escola de jóqueis.
200 metros – 14h30min.
1-Fenix                  Igor Barreto
2-Caramelo           João Victor
3-Estrelinha          Pedro Henrique
4-Florinda              Edson Fernando
5-Thor                    Antony Cardoso
6- Guerreira          Pedro Fernando
7- Flexa Dourada  Ana Carolina

As atenções ficam para a estreia de Ana Carolina, filha do ex-jóquei Cleiton Henrique, o primeiro aprendiz revelado nas corridas de pônei do JCPE. Carolina é irmão do também jóquei Mirim Cleiton Henrique, que vai ficar na torcida pelo sucesso da sua irmã.
Caramelo fez um bom apronto e deve brigar por vaga no placar. Thor, Flexa Dourada e Guerreira são os mais indicados.
Indicação:  5- Thor  7- Flexa Dourada  2 Caramelo.




terça-feira, 7 de janeiro de 2020

JCPE: Quatro páreos na primeira programação de 2020.


Vencedor do GP. Encerramento, Barishnikov é favorito na
Prova Especial do 4º páreo em 1.500 metros. 
A Comissão de Corridas do JCPE formou quatro páreos para na primeira corrida  do ano de 2020, a 10ª reunião da temporada 2019/2020, sábado 11.01.
O primeiro páreo do ano será uma prova especial na distância de 1.200 metros, com as inscrições dos animais. Boyzinho, do Stud Remar, vencedor das três provas da Tríplice Coroa Pernambucana, Faraó Dubai, Stud H.M.Silva, Haja Vista, Stud Ryan-Gabriel-Adryan & Luiz Neto, e Hemisferio do Stud C.M.L. Recife. O páreo de encerramento da programação uma prova especial na distância de 1.500 metros, será disputado com os animais; Suave Kick, Stud Bet Loja 365, American, Stud Imperial, Barishnikov, Stud Unidos Pelo Turfe e First Champion, eu deverá estrear farda de um novo Stud.

Programação.

1º Páreo 1.200 metros 15h00min. Chamada Especial.
1-Boyzinho        54Kg
2-Faraó Dubai   51Kg
3-Haja Vista      52Kg
4-Hemisfério     54Kg

2º Páreo 1.200 metros 15h30min.
1-Ultrajante           56Kg
2-Magic Brooklin  56Kg
3-Alchimiste          56Kg
4-Hermangarda      55Kg

3º Páreo 1.300 metros 16h00min.
1-Fogo Olimpico     56Kg
2-Honestina            56Kg
3-Sapo Boi             56Kg
4-Danger Love       52Kg

4º Páreo 1.500 metros 16h30min.
Prova Especial.
1-Suavi Kick            56Kg
2-America                56Kg
3-Barishnicov          56Kg
4-First Champion    56Kg



quinta-feira, 2 de janeiro de 2020

Retrospectiva 2019 do turfe pernambucano.


Natural Champion. O Grande destaque do
 turfe pernambucano em 2019.

Janeiro.

- O turfe pernambucano começou o ano sob nova direção capitaneada pelo  titular do Haras Depiguá, Dr. Carlos Baltar.

- A nova administração começa com a redução da taxa de inscrição que passa a ser 5¢ do valor do prêmio., extinção dos lances obrigatórios e dos vale apostas.
- Os prêmios passam de R$. 400.00 para 600.00 reais ao 1º colocado em páreos de turma.
- Os ingressos na portaria do Jockey Club de Pernambuco passa a ser  no valor de R$ 10,00 e R$ 5,00 (a meia entrada). Não havendo mais o vale apostas obrigatório no valor de R$ 20,00.
- A primeira reunião é disputada no dia 13 de janeiro, com uma coleção de cinco páreos de animais PSI, e uma prova reservada para animais da raça pônei.

- O primeiro páreo do ano foi disputado na distância de 1.100 metros, vencido pelo animal Emperor Rush, de propriedade do Stud T.A.M.E, conduzido pelo jóquei  W.Gomes.

- O destaque foi para a fácil vitória de Mestre Alemão no principal páreo da programação, e as quatro vitórias de Alan Maciel, que comandou do segundo ao quinto páreo.
Favorito absoluto nos 1.300 metros, Mestre Alemão largou bem e foi para dianteira já abrindo vários corpos para Sulamericano correndo em segundo, Mestre Bello, em terceiro e a vários corpos em quarto Magic Brooklin. As colocações só foram alternadas nos 250 finais com Mestre Bello, desenvolvendo uma forte atropelada e ultrapassando Sulamericano, para formar a dupla. Preparado pelo treinador J.A.Barros, Mestre Alemão, um filho de Union Avenue (USA)e Madame Balaço, de propriedade Stud Unidos Pelo Tufe, cravou o tempo de 83.4s para a distância.

- O primeiro páreo, o alazão Emperor Rush, correndo acomodado atropelou nos 150 metros finais e dominou a égua Light Moon, que vinha dando pinta de ganhadora. O favorito Asrtro do Baile fracassou chegando na terceira colocação.

- Do segundo páreo em diante só deu Alan Maciel com, Alegria Total, no 2º páreo, Auspicioso Thunder, no 3º páreo, Laver no 4º páreo e Mestre Alemão no 5º páreo.

- Na prova reservada para animais da raça pônei, a vitória aconteceu nos milímetros finais com a forte atropelada de Policarpo pela baliza de fora, suplantando em final dramático umas das favoritas a égua Guerreira. Policarpo teve a condução de Bruno Melo.

Após o último páreo o novo Presidente do JCPE, Dr. Carlos Baltar, e o vice-presidente e diretor Administrativo Silvio Botelho, fizeram uma avaliação bastante positiva da primeira reunião de 2019.
Levando em consideração que foi uma programação mediana em um mês de férias, o publico foi muito bom e a renda foi mais do que se esperava.

- A bilheteria, que não cobra mais o vale aposta no valor de R$. 20.00 reais, um total de 162 pagantes sendo, 101 no valor de R$. 10.00 reais e 61 pagando meia entrada. Sócios familiares  em dia não pagaram ingresso. 

- O movimento de casa de apostas e arremates, que diminuiu a retirada das comissões de 33 para 21%, chagou perto dos R$. 4.500.00 reais.
- A segunda reunião foi realizada no dia 27.01.2019.

-O castanho Conde do Juaguarete, filho de Public Purse (USA) e Formosa, propriedade do Stud 3 Irmãos, venceu de ponta a ponta o 4º páreo 1.400 metros, Prêmio 79 Anos do Novo Jockey, principal páreo da programação do JCPE.
Conde Do Jaguarete - F.Sales.

- No desafio do 5º páreo, Prêmio Especial 14 de Janeiro, entre os animais Cavalo Marinho e No Ar, a vitória foi de No Ar, de propriedade do stud 3 Irmãos. O tempo dos 1800 metros foi de 120.4s. F.Sales conduziu o vencedor.

- Os demais vencedores da programação foram. Fundamental  (F.H.Costa),   Panamá (F.H.Costa), Astro Do baile (F.H.Costa).
Flexa Dourada, com Antony Cardoso venceu a prova reservada para animais da raça pônei, disputada na distância de 300 metros.

- Morreu na madrugada de 21.01, o cavalo Little Manduro. Filho de Manduro (GER) e Brincalhona (ARG), de propriedade do Stud R&R estava com suspeita de aguamento.


Fevereiro.

- Direção do JCPE oferece aos proprietários financiamento de animais.

- Com uma coleção de cinco páreos, o turfe pernambucano homenageia os seus ex-presidentes.

- Disputada na distância de 1.200 metros, a Prova Especial, Presidente Paulo Pragana Paiva, teve a surpreendente vitória de Three Wise Man, que correndo na expectativa atropelou no final surpreendendo os favoritos Mestre Alemão e Lampião.

- Outra grande surpresa da programação foi a vitória do castanho Hotel Four Seasons, no 5º páreo 1.300 metros, prêmio: Rinaldo do Rego Barros Rocha Junior, que teve a ótima condução de W.Gomes.  O favorito Conde do Jaguarete fez quase todo percurso na frente sempre se defendendo dos ataques dos adversários. Nos 250 finais, Hotel Four Seasons pegou uma boa passagem por dentro e dominou o favorito cravando o tempo de 84.s para os 1.300 metros. American mostrando uma boa melhora atropelou forte e garantiu a trifeta com Laver em quarto e Emperor Roush na última colocação.
Hotel Four Seasons. Stud T.A.M.E
- No primeiro páreo, Prêmio: Marco Sire Cortez, a égua Haja Vista, criação do Haras Depiguá e propriedade do Haras Demerara, venceu um lindo páreo com precisa condução de Alan Maciel, que mostrou  porque tem talento para montar em qualquer hipódromo do Brasil. O estreante Justin-River , Stud Carolina Fonseca,  entrou a reta na frente, mas não suportou o forte ataque de Haja Vista nos metros finais e teve que se contentar com a formação da dupla. 

- No 2º páreo, prêmio. Paulo Fernando de Araújo Pereira, Panamá, mesmo largando com atraso se recuperou e com a tocada do jóquei F.H.Costa, que fez a diferença  derrotou  a égua Galop Sweet, que garantiu a dupla. O cavalo Foppiano, do Stud Big Boss, foi retirado pela comissão de corridas, devido à chegada com atraso ao padock.

- Mais uma vez o potro Astro do Baile fez a festa dos titulares do Stud Verdes Mares, com uma linda vitória no 3º páreo, Prêmio: Luiz Roberto Dias Medeiros . F.H.Costa, conduziu o vencedor que foi apresentado na raia pelo treinador J.R.Cifuentes. Alegria Total formou a dupla com Burinight em terceiro. O tempo dos 1000 metros foi de 63.2s.

- Na programação do dia 24.02, O potro Auspicioso Thunder, um filho de Desejado Thunder  e Capricciosa, conquistou a quinta vitória consecutiva ao levantar o 4º páreo,  principal páreo da programação disputado na distância de 1.400 metros.
A quinta vitória consecutiva de Auspicioso Thunder.

 - No 1º páreo em 1.100 metros, o potro Heiko, criação e propriedade do Haras Depiguá deixou a turma dos perdedores ao derrotar o potro Justn-River. Vocevaiver chegou em terceiro.

- No 2º páreo, Panamá venceu a terceira carreira consecutiva fazendo a festa do Stud Remar. Foppiano formou a dupla, com Haja Vista em terceiro. Honestina não foi apresentada.

- No 3º páreo, muita festa do titular do Stud The Barros, Diego Barros, com a estrei do stud e de Kim Boy, que cruzou o disco com grande facilidade cravando o tempo de 83.7s para os 1.300 metros. Magic Brooklin formou a dupla com Louco e Marvado em terceiro.

- No páreo reservado aos animais da raça pônei, venceu a égua Flexa Dourada, com a excelente condução do jóquei Mirim João Victor (Dom Babito). Neto do jóquei J.Silva (Já falecido) João Victor montou no mesmo estilo do avô, fazendo o publico vibrar e se emocionar relembrar os bons tempos do mestre Babá na condução dos animais PSI na Madalena.
- Mesmo com uma programação de quatro provas de animais PSI e uma de animais da raça pônei, o publico presente foi considerado muito bom mesmo concorrendo com muitas previas carnavalescas que aconteceram durante todo o final de semana no Recife e Olinda.

Março.

- Dia 11 de março é comemorado o Aniversário da Cidade do Recife. No principal páreo da programação na distância de 1.500 metros, o Grande Prêmio Cidade do Recife, a vitória ficou com o castanho No Ar, que contrariando suas características de fundista derrotou Auspicioso Thander, Cavalo Marinho, American e Conde do Jaguaretê. Não correu Capa Negra.
No Ar (F.Sales) Voltando a vencer na Madalena.

- No 4º páreo em 1.300 metros, Clássico Aniversário da Cidade do Recife, venceu o alazão Kim Boy. Hotel Four Season fomou a dupla com Regal Ares em terceiro e Mestre Bello na última colocação.
Estrearam na programação os animais. Hermangard (Haras Depiguá), Tacuarembo ( Stud Ryan-Adryan-Gabriel & Luiz Neto, ambos no 1º páreo.
Kim Boy. Grande revelação do turfe pernambucano em 2019.
- No dia 31 de março foi corrida a 11ª reunião, com a realização de quatro páreo de animais PSI e um de animais da raça pônei. O principal páreo  foi disputado na distância de 1.400 metros, e foi vencido pelo cavalo Hotel Four Seasons, do Stud T.A.M.E. Auspicioso Thunder formou a dupla.

- No páreo reservado aos animais da raça pônei a vitória foi de Flexa Dourada, a primeira vitória de Cleiton Henrique, filho do ex-jóquei C.Henrique (Xú).
O Jóquei mirim Cleiton Henrique (Coelho). Filho de ex-jóquei C.Henrique,
conquista sua primeira vitória nas corridas de pônei.

- Deserto, do Stud Parente Sobral (CE), foi a única estreia da programação.

Abril.
- O jóquei Willian Pereira da Silva (W.P.Silva) troca o turfe paulistano pelo turfe pernambucano fazendo sua estreia no dorso do cavalo American (Stud Imperial), no GP. Mário Ferman.
W.P.Silva estreia na Madalena. 
.- No dia 28 de abril, é disputado na distância de 1.600 metros o Grande Prêmio Mário Ferman.
Depois de dois fracassos consecutivos o castanho Auspicioso Thunder, um filho de Desejado Thunder e Capriciosa, levantou com muita classe o principal páreo da programação o grande prêmio Mario Ferman, disputado na distância de 1.600 metros. Auspicioso Thunder não se curvou ao favoritismo de No Ar, pra quem perdeu a invencibilidade, e para o invicto Kim Boy, que no final lutou desesperadamente, mas não resistiu a categoria de Auspicioso Thunder.

- O clássico Moises Ferman, que tinha apenas três animais inscritos com o forfait de Magic Brooklin ficou reduzido a dois competidores com a retirada de Astro do Baile, que disparou nos trabalhos de alinhamento para a partida. Mestre Alemão, um filho de Union Avenue (USA) e Madame Balaço, de propriedade do Stud Unidos Pelo Turfe, saiu na frente e imprimiu o ritimo forte tirando todas as chances de Lampião ao menos tentar se aproximar. No final com a corrida ganha o ritimo diminuiu com Mestre Alemão cruzando o disco com vários corpos de vantagem apara o seu adversário. O treinador J.A.Barros preparou o vencedor que cravou o tempo de 69.5s para o percurso.

- Thor, com Antony Cardoso venceu o páreo reservado para animais da raça pônei disputado na distância de 200 metros.

- É divulgado o calendário clássico do segundo semestre.

- A Direção do JCPE, lança o programa para aquisição de animais.

Maio.

- Correndo na última colocação o castanho No Ar, se reabilitou e venceu em grande estilo a VIIª edição do Grande Prêmio Sérgio Paiva, principal páreo da programação disputado na distância de 1.700 metros.


- Multiplo faz boa estreia  e vence os 1.200 metros da Prova Especial Bartolomeu Arruda Câmara.
 
Estreia vitoriosa de Multiplo na Madalena.
-Fenix,  que teve a condução de João Victor ( Dom Babito), venceu a prova especial para animais da raça pônei. Taça. Maria Alice Muraro Paiva, disputada na distância de 200 metros.
O show de João Victor (Dom Babito) no dorso do pônei Fenix.

- Pelo terceiro ano consecutivo os alunos do curso de Zootecnia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), visitaram o Jockey Club de Pernambuco para mais uma aula de campo coordenada pela professora Lindomárcia Costa, e o Zootecnista Leonardo Fernandes. As aulas práticas foram das disciplinas de Tecnologia da Produção de Equideos, Manejo do cavalo atleta e Nutrição de não Ruminates. No sábado  5 de abril, os alunos encerram  uma serie de vistas técnicas no estado de Pernambuco numa visita a sede do Haras Depiguá.
Alunos do corso de Zootecnia da UFPB.
Junho.

Devido as fortes chuvas que caíram no Recife,  a comissão de corridas cancelou a realização da 14ª corrida que seria disputada no dia 06 de junho.

- No dia 30 de junho é disputado o Grande Prêmio Estado de Pernambuco.

- Conduzido pelo jóquei W.Gomes, o lazão Kim Boy, um filho de Drosselmeyer (USA) e Dizzy Fantastic voltou a vencer na raia pernambucana levantando de bandeira a bandeira o Grande Prêmio Estado de Pernambuco, principal páreo da programação disputado na distância de 1.700 metros.

- O estreante Fiel Depositário deu um passeio na raia ao levantar os 1.200 metros do Clássico governador Paulo Câmara. Mestre Alemão formou a dupla.
Titulares do Stud T.A.M.E comemorando na raia a estreia vitoriosa do
castanho Fiel Depositário. 

- Pedro Fernando vence com Flexa Dourada a prova reservada para animais da raça pônei disputada na distância de 200 metros.

Retrospectiva 2019 do turfe pernambucano do ano. – Parte II

Julho.

- No dia 14 de julho o turfe pernambucano iniciou a temporada 2019/2020, com uma programação de quatro páreos para animais PSI, e uma corrida reservada para animais da raça pônei. Mesmo com muita chuva  caindo na capital pernambucana e uma programação apenas razoável um bom publico compareceu ao jockey .Acrobat Blade, Kitty Car, Hotel Four Season e Conde do Juaguaretê, e Thor. Os vencedores da programação.

- Turfistas pernambucano comemora mais uma grande conquista do jóquei L.Henrique, que conquistou pela segunda vez as estatísticas do JCB.

- O turfe pernambucano fica de luto com o falecimento de Dona Olinda, mãe do treinador C.A.Nascimento e vó do jóquei A.Maciel,  e do titular do Stud Carolina Fonseca, Sr. Walter Fonseca. Duas grandes referencias do  turfe pernambucano.
Dina Olida.
Walter Fonseca.
- Duas boas noticias para a criação nordestina vindo dos dois principais criatórios de PSI do estado. O Haras Depiguá anunciou o primeiro produto filho do seu mais novo reprodutor, Vontade de Matar (Giant’s Causeway (USA) e Magic Lamp), com a égua Personalidade (Desejado e Glacial Eyes). Logo em seguida foi a vez do Stud Remar anunciar o nascimento da primeira filha do alazão Stockholder (Dancer Man e Sweet Biscuit), com a égua Clever Miss (Hard Buck e Sushi), criada pelo Haras Santa Luzia da Água Branca. Os dois animais que nasceram muito bem com peso ideal foram apresentados em vídeos e fotos pelos seus respectivos criadores através de mídias sociais.

- A segunda corrida da temporada foi realizada no dia 28.07, com a realização de cinco provas sendo uma para animais da raça pônei.

- Kim Boy venceu o principal páreo em 1.600 metros em homenagem ao titular do Stud Carolina Fonseca, Sr. Walter Fonseca. Dinner Game, que defendeu a blusa do Stud Azevedo formou a dupla, com American em terceiro, depois chegaram pela ordem Lord Cigano e Energia Gstaad. Não correu Regal Ares.


- No 1º páreo aconteceu a estreia dos animais Boyzinho, criação e propriedade do Stud Remar, e Cascata Bold, do stud Amanda & Luana Moleca. Ibiró, de propriedade do Haras Depiguá não foi apresentado. Lord Cigano foi o estreante do 4º páreo.

Agosto.

- Duas programações são realizadas no mês de agosto com destaque para o 22º Cçássico Roberto Sá.

- A casa de aposta moderniza o sistema e passa a oferecer jogos de; Vencedor, Dupla, Dupla Exata, Plecê, Trifeta e Quadrifeta.

- Sete páreos são disputados na programação do 22º Clássico Roberto.

- Mestre Alemão garantiu a festa do Stud Unidos Pelo Turfe, ao vencer a Prova Especial Cleonice Pereira Franco de Sá, na distância de 1.200 metros.  Conde do Jaguarete foumou a dupla, com Secreto De Donna em terceiro. O favorito Fiel depositário chegou na última colocação.
Mais uma festa dos Titulares do  Stud Unidos Pelo Turfe com Mestre Alemão.

- Um páreo que há muito tempo o turfista pernambucano não desfrutava. 10 animais de alto nível alinharam na seta dos 1.900 metros para a disputa de mais um Clássico Roberto Sá, prova que a cada ano vem despontando com uma das mais charmosas e concorridas do turfe nordestino.  Hard Trick, com a condução de Alan Maciel deu um passeio na raia vencendo de bandeira a bandeira. C.A.Nascimento foi o responsável pelo preparo do vencedor.

O passeio de hard Trick no Clássico Roberto Sá 2019.

- Considerado o melhor jóquei do turfe brasileiro, Leandro Henrique foi um dos destaques da programação do 22º Clássico Roberto Sá.

- O jóquei A.Mesquita montou o estreante Natural Champion. Terceiro colocado no Roberto Sá.

Setembro.

- Duas programações foram formadas no mês de setembro. A primeira no dia 08 com quatro páreos, e a segunda no dia 28, programação do 18º Grande Prêmio Manoel Medeiros.

- Programação do Grande Prêmio Manoel Medeiros é composta de oito páreos.

- Depois de alguns fracassos no areão da Madalena, o castanho No Ar, um filho de Pionering (USA) If You Want voltou ao seu melhor condicionamento e levantou com muita classe a XVIII edição do Grande Prêmio Manoel Medeiros, principal páreo da programação disputado na distância de 2000 metros.
Com a farda do homenageado, No Ar levanta em grande estilo o GP.
Manoel Medeiros 2019.
- No 7º páreo em 1.100 metros Clássico Zélia Dias Medeiros,  mais uma vez brilhou a estrela do Castanho Mestre Alemão, que chegou a sua sétima vitória na raia pernambucana se destacando como um dos melhores velocistas da atua temporada do turfe pernambucano.

Outubro.

- As atenções do turfe pernambucano se voltam para a realização da maior prova do turfe nordestino o Grande Prêmio Bento Magalhães, que chega a sua 51ª edição.

- Pela primeira vez em 50 anos, o Bento Magalhães é disputado no dia de sábado.

- A noticia da venda de No Ar, para o novo Stud Leonidas-Lula-Lulinha & Luiz Neto, sacodiu os bastidores do turfe pernambucano.

- Com a venda de No Ar, o Stud 3 Irmãos não consegue adquirir outro competidor e fica de fora do Bentão 2019.

- Nove participantes foram inscritos para disputar a magna prova, mas na semana final de preparação foi anunciada a retirada do favorito Hard Trick.

- Boyzinho (Stud Remar) vence a primeira prova da Triplice Coroa. Prêmio Duarte Coelho, disputada em 1.300 metros.
Boyzinho. Rumo a Tríplice Coroa.
- Representando o Stud Irmãos Pereira, o castanho Natural Champion venceu o 51º Grande Prêmio Bento Magalhães. Alan Maciel, que seria o jóquei de Hard Trick conduziu o vencedor que foi apresentado na raia pelo treinador M.L.Maciel. Natural Champion estreou na programação no clássico Roberto Sá, chegando na terceira colocação. No GP. Manoel Medeiros foi segundo e não deixou escapar a vitória no Bentão 2019.
Natural Champion leva o Bentão 2019.

- Houve reclamação do jóquei  de No Ar, M.Oliveira , segundo colocado, mas o páreo foi confirmado pela ordem de chagada.

- M.Oliveira pega 60 dias de punição.
M.Oliveira - Jóquei.
-Em final dramático o alazão Kim Boy, com a preciosa condução de F.Sales venceu o Grande Prêmio Pedro Allain Teixeira. Suave Kick formou a dupla.
Chegada eletrizante entre Kim Boy (Stud The Barros) e Suave Kick
Stud Bet 365 Loja.
- Nos 1000 metros do Grande Prêmio Romeu Medeiros, a vitória foi do representante do turfe cearense o azarão Principe Dánafer. M.Silva conduziu o vencedor que foi preparado pelo treinador F.Haroldo.
Festa do turfe sobralense com a vitória de Príncipe Dánafer.

Novembro.

- Boy Zinho vence a segunda prova da Tríplice Coroa Pernambucana. Prêmio Duarte Coelho. 
- Natural Champion, Memory Of Love e Super Academy foram os principais nomes da programação do 29º Grande Prêmio Edisio Pereira.

- Com mais uma espetacular condução de Alan Maciel, Natural Champion entra para o celeto grupo de animais que venceram o grande prêmio bento Magalhães e o Edisio Pereira no mesmo ano.  

- De ponta a ponta o castanho  Super Academy , de propriedade do Stud Magi, e conduzido por V.Borges, venceu o  7º páreo, Clássico Carlos Martins de Medeiros, clássico de velocidade disputado na distância de 1.200 metros, do festival do 29º Grande Prêmio Edisio Pereira. J.Lemos preparou o vencedor.
Festa do Stud Magi com Super Academy, no
Clássico. Carlos Martins de Medeiros
- As grandes festas do turfe nordestino sempre são decididas entre pernambucanos e cearenses que disputam palmo a palmo um espaço na foto da vitória, mas no clássico Antônio Alves Pereira, disputado na distância de 1.700 metros, a taça ganha por Memory Of Love, que teve mais uma impecável condução de Alan Maciel, vai ficar para os dois estados. Memory Of Love, é de propriedade de uma parceria entre o Haras Cariri/PE e o Stud Sampaio do turfe cearense.  
Com a vitória de Memory Of Love, o turfe pernambucano e cearense dividem
a taça do Clássico Antonio Alves Pereira. 
Dezembro.

- A última programação do ano é disputada no dia 11 de dezembro.

- Criação e propriedade do Stud Remar. Boyzynho se consagra Triplice Coroado ao vencer os 1.600 metros da terceira prova da Tríplice Coroa Pernambucana. Prêmio Felipe Camarão.



- Muita expectativa para o 5º páreo onde seria decidido qual seria o melhor cavalo do Torneio Melhores do Ano de 2019, patrocinado pelo Deputado Clovis Paiva. Estavam na disputa direta os animais Kim Boy Stud The Barros), American (Stud Imperial) e Sapo Boi (Haras Bongy).

- Com  desclassificação de American, que venceu o 5º páreo, Kim Boy garantiu o prêmio de melhor cavalo de 2019. O páreo foi vencido por Danger Love.

- Barishnicov, Stud Unidos Pelo Turfe venceu o GP. Encerramento.
Barishnicov vence o GP. Encerramento

- Direção do JCPE anuncia novos valores para os prêmios em 2020.

- Encerrando o ano de 2019, o presidente do Jockey club de Pernambuco. Dr. Carlos Baltar realizou nas cocheiras do Haras Depiguá, uma reunião formal com os profissionais do JCPE, fazendo um balanço do ano de 2019, e apresentando algumas metas para 2020. Participaram da reunião que aconteceu em clima de formalidade os diretores Ricardo Maranhão e o Vice-presidente e Diretor administrativo Silvio Uchôa.
O Presidente do JCPE. Dr. Carlos Baltar encerra o ano reunido com os
profissionais do turfe pernambucano.