quarta-feira, 28 de novembro de 2012

ALAN MACIEL, "MEU MELHOR PRESENTE VAI SER GANHAR O BENTÃO 2012."

Com apenas 14 anos de idade, o jovem piloto pernambucano Alam Maciel, que no próximo domingo estará completando 15 anos, já despertando o interesse de agentes de montarias e de treinadores do eixo Rio/São Paulo. Oriundo das corridas de pôneis, Alan vai para o maior desafio na sua curta carreira no turfe pernambucano, irá disputar a maior prova do Nordeste, o Grande Prêmio Bento Magalhães competindo com jóqueis bastante experientes.

Alan Maciel.

Pelas conduções que vem dando as suas montarias, Alan que é chamado por muitos dos seus admiradores de Neymar do turfe local, ganhou a confiança dos titulares do Stud Remar e no domingo mais uma vez vai está no dorso do castanho Tank Boy.  Garoto calmo, mas tímido, Alan gosta de está atento as corridas do sul do país porque é de lá que vem a maioria dos animais que competem no Recife, e segundo ele é onde  procura observar o desempenho dos jóqueis mais badalados do turfe brasileiro. Ele deixou a timidez de lado e conversou com o Raia Leve.
BL – Nome Completo?
AM – Alan José Rodrigues Maciel
 BL- Idade?
AM – Até as primeiras horas do domingo 14 anos.
 BL – Quantas vitórias já conquistou na Madalena?
AM – 38 vitórias.
 BL – Melhor cavalo?
AM – Istambul. Muito corredor, mas infelizmente eu nunca tive chance de montá-lo.
 BL- Melhor Jóquei ?
AM – Aqui eu acho que é o M.Silva, mas se for pra escolher o melhor do Brasil eu acho J.Moreira.
 BL- Melhor treinador?
AM- Meu pai W.Maciel e o meu tio Isaias Ferreira.
 BL- Melhor hipódromo?
AM – Gávea, eu pretendo ir pra lá.
BL- Uma corrida que você não esqueceu?
AM- A vitória com Starman do Stud Asa Branca quando montou apenas aprendizes. Comemorei muito essa vitória.
 BL- Tem saudade do inicio nas corridas de pôneis?
AM- Claro que sim, foi lá onde eu aprendi muita coisa. Do pônei para o PSI só precisei  me adaptar a força do do animal e ter mais noção de percurso. Eu não esqueci os pôneis e nem quero esquecer, estou até preparando uma potranca pra estreiar no próximo ano. E vai estreiar ganhando
 BL- Um sonho?
AM – Um! Rizos.. Destacar-me no turfe do Rio de Janeiro e Montar o Grande Prêmio Brasil.
 BL- É o Bentão?
AM- O Tank Boy está bem,  meu pai vem se dedicando ao máximo pra que possamos fazer uma boa corrida, eu tenho que me comportar como se fosse um páreo comum, mesmo sabendo que estou competindo com jóqueis de grande experiência, mas se no final der Tanky Boy,  comemoração vai ser a nível de grande Prêmio Brasil.
  Desejamos sorte ao jovem piloto e um feliz aniversário.