quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

RETROSPECTIVA DO TURFE PERNAMBUCANO. PARTE I

Janeiro.
- A primeira corrida do ano de 2012 foi realizada no dia 08 de janeiro com a realização de seis páreos, sendo cinco de animais psi, e um para animais da rça pônei.
- O primeiro páreo do ano foi vencido pela potranca Cheers do Stud 13, e teve a condução do aprendiz V.S.Paiva.
- Aos 7 anos, Diego Soares Guigui estréia nas corridas de pônei montando o animal Stilo chegando na quinta colocação.
- Os destaques da programação foram os aprendizes V.S.Paiva e A.Maciel que venceu duas corridas cada. F.Benone venceu uma corrida e Jacson Lima conquistou a sua 8ª vitória nas corridas de pônei conduzindo a alazã Carla Perez. V.S.Paiva levou para o disco os animais Cheers no 1º páreo e Thignon Gold no 3º páreo. A.Maciel cruzou o disco na frente com os animais Burilado no 2º páreo, e Key Board no 4º páreo. F.Benone venceu o 5º páreo com Senhor Kirov.

- No dia 22 de janeiro, o Jockey Club de Pernambuco viveu mais uma tarde de muitas emoções. Mesmo com as fortes chuvas que vinha caindo no Recife, o público compareceu em grande numero para prestigiar a programação que teve empate, disputas acirradas e a linda vitória do menor e mais novo jóquei do Brasil, Diego Soares o Guigui,  que deu um show no páreo dos pôneis vencendo de bandeira a bandeira com o pônei Chankar.

- No primeiro páreo, o castanho No American do Stud Silver Blue Star, conduzido por J.Júlio, venceu fácil com vários corpos de vantagem. Parecia que seria uma tarde como outra qualquer onde vingaria os favoritos, mas o que se viu na raia foi a queda de alguns favoritos isso talvez pela mudança de raia leve para pesada.
- No segundo páreo, a égua Trick Six largou bem tomou a ponta e deu a impressão que venceria fácil com boa vantagem dos demais concorrentes, mas nos metros finais, eis que surge o potro Hurrican Jonh com a ótima tocada de M.Silva, e nos metros finais consegue arrancar o empate com Trick Six.

- No terceiro páreo, Untal, com o aprendiz W.Gomes no dorso, correu acomodado e esperou a reta de chegada para da uma arrancada por dentro e garantir a foto da vitória. Essa vitória estava engasgada desde a última corrida quando fui segundo para Thignon Goldo. Disse o aprendiz após a foto da vitória.

-No quarto páreo, acontece a maior surpresa da tarde. O estreante Gran Gest do Stud Big Boss derrota em final dramático o alazão Afilhado do Sissi que virou a reta de chegada com uma vantagem de mais de 10 corpos. Vivano que teve uma largada atribulada ainda fez uma corrida de recuperação e chegou em terceiro com o favorito Thignon Gold em quarto e Season Thunder  em quinto lugar.

No quinto páreo o favorito Starman confirmou o seu favoritismo, mas não foi tão fácil assim. Acostumado a correr longas distâncias, Starman, só dominou os seus adversários nos 50 metros finais dando um susto nos seus proprietários que confiava na vitória mesmo em uma distância menor.

- No sexto páreo para animais da raça pônei, a vitória ficou com Chankar que teve a condução de Diego Soares de 7 anos, o menor e mais novo jóquei do Brasil.  Na partida, Chankar foi logo para a dianteira seguido de perto pela favorita Maçã e Soberano que corria bem em terceiro  com Jeová Pereira no dorso. Nos 150 metros finais, Chankar se atira para fora e quase derruba o seu jóquei que com muita bravura conseguiu ficar encima do seu cavalo e voltar com tudo para cima da favorita que mesmo com a desgarrada de Chankar, Maçã não chegou a domina a corrida. Os responsáveis por Maçã reclamaram do resultado, mas a comissão de corridas após analisar o vídeo do páreo confirmou a vitória de Chankar. Mais uma vez  o publico infantil invadiu a raia para comemorar com Guigui a sua primeira vitória. Essa foi a segunda corrida oficial de Diego soares. Após a premiação, muitos jóqueis e treinadores profissionais fizeram questão de cumprimentar o vencedor que recebeu muitos elogios.

Fevereiro.
- A programação na qual  foi realizado a primeira prova clássica do ano começou tumultuada com o cancelamento do 1º páreo devido a retirada dos animais Zone Rouge do Stud Remar e Afilhado do Sissi.

- No segundo páreo, o castanho Tettore com a monta de M.Aurelio, venceu de ponta a ponta. Senhor Kirov formou a dupla com Bizão Negro em terceiro. Gory que reapareceu defendendo a farda do Stud Peter Pan, amargou a última colocação.

-No segundo páreo 1.700 metros, No American com J.Júlio no dorso venceu com vários corpos de vantagem deixando Udaloi da Faxina em segundo e os favoritos Thignon Gold e Key Board na terceira e quarta posição.

- No dia 10 de fevereiro, o aprendiz Anderson Paiva estreiou com vitória no hipódromo da Gávea.

- Com uma espetacular chegada, o castanho Charmant levantou o quarto páreo com a tocada de R.D.Lima. O publico foi ao delírio com a acirrada disputa com Do You Mind e Valdovino que na partida fez questão da ponta. Charmant venceu com a diferença de cabeça e pescoço ficando a formação da dupla para ser decidida no fotochart entre Do You Mind e Valdovino com vantagem mínima para o primeiro.

- No 5º páreo, o alazão Xipão mesmo largando com mais de 10 corpos de atraso, no final teve forças suficiente para dominar a corrida e vencer com a mesma diferença da largada. Gran Gest com W.Gomes formou a dupla que proporcionou o maior rateio da programação pagando R$. 57.40 para cada real apostado.

- No 6º páreo o Classico Tanara Tecfil, o potro Brentley do turfe cearense fez uma corrida impecável sob o comando do experiente J.Júlio. Rincho largou bem e foi para ponta com Brentley sempre lhe perseguindo em segundo. Na entrada da reta final, Brentley é acionado pelo centro da pista e no nos 250 metros finais despachou os adversários cravando o tempo de 119.3 para os 1.800 metros.

- Foi no clima de carnaval a 16ª reunião da temporada 2011 /2012, do Jockey Club de Pernambuco realizada na sexta Feira gorda, A nova comissão de corridas elaborou cinco páreos sendo quatro de animais PSI e um de animais da raça pônei o prêmio Carnaval 2012. Os demais páreos foram em homenagem aos tradicionais blocos que desfilam no maior carnaval do mundo.

- Uma tarde marcada por disputas acirradas e desclassificações marcaram a sexta-feira do turfe pernambucano. As desclassificações aconteceram no 4º páreo, senhor kirov foi desclassificado em favor de Campus Drive, e no 5º páreo de animais da raça pônei o animal Chankar ganhou, mas não levou o prêmio carnaval 2012.

- No 1º páreo, o potro Best Joice, com a montaria de J.Júlio foi o grande vencedor do prêmio Blocos Líricos, prova especial para produtos inéditos da geração 2009, do Haras Depiguá.

- No 2º páreo, a égua Tem Virtude surpreendeu os favoritos Hurrican Jonh e Untal e levou com muita categoria o prêmio Bacalhau do Batata.

- No 3º páreo em 1.700 metros. No American correndo cada dia mais, confirmou o seu favoritismo vencendo com uma boa diferença. Key Board formou a dupla com Udaloi da Faxina em terceiro.

No 4º páreo, Senhor Kirov venceu, mas não levou o prêmio 80 anos do bloco O Homem da Meia Noite. O filho de Spring Halo (ARG) foi desclassificado em favor de Campus Drive. Com a desclassificação de senhor Kirov, o titular do Stud Big Boss, Joaquim Moreira demonstrou muita insatisfação e disse que  mandaria  Senhor Kirov para cumprir campanha no turfe paulistano.

- Não foi apenas no 4º páreo que houve desclassificação. No 5º páreo prêmio Carnaval 2012, para animais da raça pônei, Chankar que teve a condução de Danilo Oliveira foi desclassificado por ter prejudicado o animal Brutus. E segundo o código nacional de corridas, o animal que prejudica é desclassificado em favor do animal que foi prejudicado. Com a desclassificação de Chankar, o maior beneficiado foi Soberano o 2º colocado que passou para a 1º colocação.

Março
- Mais uma vez o publico comparece em grande numero para prestigiar a 18ª reunião     disputada no dia 04 de março, com seis páreos de animais psi, e mais um para animais da raça pônei em homenagem a Antonio Pereira da Silva Neto (totonho), starter oficial do Jockey Club de Pernambuco.

No 1º páreo, o potro Historion Secret do Stud Big Boss, brilhou com a feliz condução de W.Gomes, que já na altura dos 600 metros finais, já ameaçava a vitória de Tem Virtude.

- No 2º páreo brilhou  Wesley mais uma vez. Parecia uma repetição do 1º páreo, mas só que dessa vez no dorso de Udaloi do Faxina do Stud CML. Nos 150 metros finais quando os que torciam por Afilhado do Sissi já davam à corrida como ganha o aprendiz mais uma vez não se deu por vencido e conseguiu nos metros finais tirar a diferença de Afilhado do Sissi e mais uma vez levar o publico ao delírio.

O 3º páreo foi da égua Zone Rouge do Stud Remar amparou com muita classe a insistente atropelada de Skaramuska por fora. O jóquei de Skaramuska W.Gomes, ainda reclamou pedindo a desclassificação de Zone Rouge, mas a comissão de corridas após analise do VT da prova, decidiu confirmar a vitória de Zone Rouge.

- Na chegada dos animais ao padock, o treinador de Hirricane Jons,  Elias Santos, que já cumpria suspensão, agrediu o jóquei F.Davidson. O presidente da comissão de corridas Paulo Alves, afirmou que o lamentável fato foi apurado e na reunião da comissão no dia (06/03). Elias Santos pegou mais um ano de suspenção.

-No 4º páreo o potro Dayoflight chegou a sua primeira vitória hípica. Com a boa condução de M.Aurelio.

O 5º páreo foi do castanho Tettore passou a defender a farda do Stud Remar. O jóquei M.Aurelio que já tinha vencido dois páreos na programação Deyoflight e Zone Rouge, não teve muita dificuldades para levar Tettore para mais uma foto da vitória. El Herdeiros com W.Gomes atropelou no final e formou a dupla.

- No 6º páreo, M.Aurelio foi substituído por F.Davidson no dorso de Under Atlantic que derrotou Onegin nos metros finais depois de uma luta cabeça com cabeça dos 150 metros finais ate o cruzar do disco. O jóquei F.Davidson suou a camisa para derrotar Onegin que parece ter cansado um pouco no final. 

No 7º páreo 200 metros para animais da raça pônei. Prova Especial Antonio Pereira da Silva Neto (Totonho), o potro Stylus, simplesmente dividiu a raia vencendo com vários corpos de vantagem voltando a fazer a alegria do Stud FM. O estreante Único com Vitor Moura arrancou nos metros finais e tomou a dupla de Bred Pit que teve a condução de Emerson Anderson.  Stylus teve a feliz condução de Wilker Xavier que conquistou a sua primeira vitória nas corridas de pônei.

- No dia 25 de março, o Jockey Club de Pernambuco viveu mais uma tarde de muitas emoções e arquibancadas lotadas para prestigiar a ótima programação da IVª edição do Clássico Viva Saúde. A programação teve inicio às 12:40 minutos, um horário não muito convidativo para o inicio das corridas devido ao forte calor nordestino, mas o publico pernambucano, verdadeiros apaixonados por turfe, compareceu em grande numero lotando as dependências do Jockey.

- Os destaques da programação, ficaram por conta da excelente performance do jóquei J.Júlio que venceu quatro páreos dos nove diputados. Júlio venceu o 1º páreo com Hurricane John, o 4º páreo com Onegin, o 5º páreo com Sentimento que defendeu com muita garra a farda do Stud Ganny, o 8º páreo venceu com Zamulá, estreante do Stud Cortez-PE e o 9º páreo que um show de montaria na condução do castanho No American do Stud Silver Blue Star.
R.D.Lima com a excelente condução de Eagle Vision no 2º páreo, A.Maciel e Zone Rouge do Stud Remar vencendo de bandeira a bandeira o 3º páreo, e o retorno do jóquei José Ribamar da Silva (Babá) que aos 61 anos, mostrou que quem sabe sabe, deu um verdadeiro show de montaria ao levantar o 7º páreo prêmio Viva/Ecoplan, no dorso do alazão Afilhado do Sissi do Stud Entre Amigos. O público aplaudiu de pé o feito do mestre das rédeas que proporcionou a foto mais concorrida da tarde festiva do Jockey Club de Pernambuco.

Abril
- Apenas uma reunião foi realizada no mês de abril. Foi a 20ª corrida, programação do XVIº Clássico Mário Ferman que contou com sete páreos d animais psi, e um com animais da raça pônei que chegou a sua 50ª corrida homenageando o vice-presidente do Jockey Romero Pontual numa corrida de 500 metros. A vitória foi da égua Maçã do haras Pernambuco com Wilkler Xavier.
-A equipe do Sport TV, passou dois dias no jockey produzindo uma matéria sobre a garimpagem de novos talentos para o turfe brasileiro.
- Montado por M.Aurelio, Amigo Gaúcho, do turfe cearense venceu o  principal páreo da programação o clásico Mario Ferman.

Maio
- Mesmo com a forte concorrência do primeiro clássico da decisão do campeonato pernambucano entre o Santa Cruz e Sport, o Jockey Club de Pernambuco realizou a sua tradicional reunião quinzenal com uma programação de seis páreos, sendo, cinco de animais PSI e um páreo com animais da raça pônei, prova Especial Eronides de Andrade Moura.
- Os vencedores da programação foram; 1º páreo Lúnula (W.Gomes), 2º páreo By Brasil (W.Gomes), 3º páreo Charmat (F.Benone) 4º páreo Olympic Grey (M.Silva), 5º páreo Porto Castelo (M.Silva). No páreo dos pôneis, mais uma vez brilhou a estrela de Wilkler Xavier, e mais uma vez com a égua Maçã.

- na segunda corrida de maio foi realizado o IVº Clássico Adelmar da Costa Carvalho na distância de 2000 metros. Vitória de Porto Castelo com M.Silva no dorso.
- No 1º páreo, vitória fácil de Lúnula com a condução de W.Gomes que levou a filha de Hiberian Rhapsody (IRE), a sua segunda vitória no areão da Madalena. Nunca Nesse País com F.Davidson venceu o 2º páreo, após uma acirrada disputa com Dupla Sorte. No 3º páreo, Valdovino reaparece e não teve dificuldades para levantar o prêmio Sport Club do Recife.
No 4º páreo, o publico vibrou com a chegada de três animais brigando pela primeira colocação. Best Prime, Linda Mocinha e Best Of Depiguá que correndo por fora deu pinta de ganhador do páreo que teve como vencedores os animais Best Prime e Linda Mocinha empatados. No 5º páreo com apenas três competidores, Abmael venceu cravando o tempo de 82.7s para os 1.300 metros da Prova Especial Casa Navio.

Junho
- Apenas uma corrida foi realizada no mês de junho, o Grande Prêmio Prefeitura do Recife.
- Com uma condução impecável do aprendiz de 1º categoria Fábio Silva (Bambino), o castanho Urso Polar do Stud Irmãos Pereira venceu o Grande Prêmio Prefeitura do Recife, principal prova da ótima programação.
- parado desde a programação do Bentão 2011, Cabo De Aço reaparece e em grande estilo vence o 3º páreo da programação.
- Seis animais estrearam na programação do Grande Prêmio Prefeitura do Recife, sendo o destaque para o castanho Quanto Mais ganhador clássico no sul do país, inclusive o Grande Prêmio Bento Gonçalves 2010, uma das mais importantes provas do turfe nacional em pista de areia. Quanto Mais foi trazido para o Recife pelo Stud Sampaio do Ceará, mas foi negociado com o Stud 3 Irmãos . Também estrearam os animais Don Talk no 2º páreo, Rara Gitana e Invessilotricolor, ambos do Stud Big Boss no 5º páreo, Decreto do Stud Remar no 6º páreo e Urso Polar no 7º páreo.